Ansiedade

A ansiedade imobiliza, paralisa, inviabiliza. E não sabemos o que fazer.

A ansiedade é algo que trava a gente de uma maneira que não sabemos exatamente o que fazer.

Já disse ontem que as vezes o pior de ter de lidar com um fracasso não é nem o resultado errado em si. Mas a ansiedade, sensação que ele acaba dando, a de impotência. Sabemos que fracassamos. Sabemos onde erramos. Até sabemos como podemos corrigir. Mas não sabemos por onde começar.

Pode parecer uma fraqueza. Mas não é. A ansiedade é uma força paralisante. Ela trava. A gente não se sente motivado ou capaz de fazer alguma coisa. Os pensamentos ruins dominam. Não por que achamos que vamos fracassar outra vez. Mas por que a gente se sente impotente.

É como quando estamos com problemas financeiros, sabemos até como resolver, mas não conseguimos resolver por que sempre algo impede que a gente aja. Sejam as circunstâncias. Sejam as faltas de oportunidades. Seja a nossa falta de empatia. Ou tudo isso junto. Lidar com a ansiedade não é a melhor coisa que a gente pode fazer.

Há pelo menos uns 20 e poucos anos eu tenho de lidar com ela. Não é fácil. Sei que me acham preguiçoso, sei que me acham incapaz e sei que me acham tudo de ruim que se pode pensar de uma pessoa. Eu sei bem disso. Não é de hoje que eu já tenho identificado isso em mim mesmo.

Ansiedade

É a pergunta comum da ansiedade: O que fazer?

Ansiedade paralisa, imobiliza e inviabiliza E nada parece melhorar.

Sei que boa parte de todos os meus problemas com o peso também estão ligados a isso. O pior da ansiedade é essa impotência. Eu sei conscientemente a raiz dos problemas. Mas no novel das emoções a gente trava. É aí que a gente paralisa. Não se mexe e se perde.

Eu entendi que pra ansiedade não ser tão paralisante e preciso me sentir desafiado a alguma coisa. Eu sei que eu vivo em um círculo vicioso, que eu fico preso nele há anos em uma força centrípeta que me joga sempre pro zero. E recomeçar tem sempre esse problema. a gente não tem nenhum estímulo.

Eu sei bem que eu preciso me desafiar, perder o peso que eu acabei ganhando sem me dar conta. Mas to me sentindo desestimulado. Por que eu tenho um horário pra tudo. E tudo ultimamente tem interferindo nessa rotina de exercícios. E a impotência em achar outros horários está difícil demais.

Eu entendo isso conscientemente. Mas como fazer o inconsciente achar o motivo que ele precisa pra poder se superar e se desafiar? Há anos eu procuro essa resposta. Ainda não achei. Apenas sei o motivo. A impotência é só isso. Paralisa. Imobiliza. E sair disso é o que não é simples.

Quem quer que já tenha saído disso poderia me dar a resposta? Eu já procurei a resposta. Não achei.

 

Comente com Facebook

Written by Israel Anderson

Jornalista por formação, cineasta por estudos e curioso por natureza. Internet por paixão.

Deixe uma resposta