Ficar mais velho deveria significar mudar. E quando a gente não sabe o que fazer pra mudar?

Admito que eu não tive problema em fazer a transição dos 20’s para os 30’s. Não tive as crises de idade, as crises de identidade que eu vejo alguns amigos reclamarem ou sentirem. Obvio que a mudança de década na nossa vida nos muda em vários sentidos. Aprendemos algumas coisas, entendemos que nem tudo na vida adulta é como a gente queria que fosse.  Todavia, mudar de idade também deveria ser mudança de atitudes. Por que nem sempre a gente consegue isso?

Lembro que quando eu tinha 18 anos e me imaginava na atual idade e acreditava que nesse ponto eu já estaria com a vida estabilizada. Um bom trabalho, fazendo o que eu gostaria de fazer e ganhando o que eu queria ganhar. Achava que isso definiria o sucesso de uma vida. Ou pelo menos da minha vida. Era o que eu achava quando eu tinha 18 anos. Mas 14 anos depois e nada do que eu esperava até então veio a se concretizar.

Não, não vou culpar a vida por nada. Boa parte do que eu sonhava só seria realidade dentro das condições propícias para isso. E obviamente nesses 14 anos as coisas não funcionaram assim. Não conheci pessoas importantes. Não fiz networking. Não fiz muitas amizades para criar uma rede que me possibilitasse concretizar esses planos. Eu sei que isso não é impossível de fazer hoje. Mas as condições e situações não permitem.

mudar

A idade nos faz mudar mesmo que a gente não perceba

Sei que eu tinha de mudar algo nesse novo ano que se iniciou há alguns dias atrás. Só não sei o que fazer para que isso aconteça.

Se sentir perdido e sem caminho pra seguir é um problema sério quando você precisa definir como vai ser a sua vida futura. Estar com 30 e poucos anos e ainda precisar pensar nisso tem horas que é desgastante. Já to com poucas esperanças do que fazer pra mudar. Elas não acabaram.

Nessa atual situação onde eu me encontro é complicado demais pensar em alguma coisa. Não consigo planejar nada a um futuro de curto e médio prazo. E nem de longo prazo. Algum dia, quem sabe, eu revelo o que está acontecendo. Por hora só posso dizer que as palavras “perdido” e “mudar” são os que mais me definem nesse momento.  Espero que algum momento isso possa, de fato, mudar e se concretizar alguns sonhos que tive atrás. E que desde lá permanecem.

Por hora, só posso dizer que nada ainda mudou com a mudança de idade. Ficar mais velho tem as suas vantagens. A gente enxerga a vida de outra forma. E enxergar as pessoas também de outra forma. É engraçado como naturalmente a gente acaba mudando sem nem perceber. E a gente só se dar conta disso quando a gente para e reflete sobre o que a gente fez. E o que conquistou. E o quanto falta para chegar onde queremos.

 

Comente com Facebook

Written by Israel Anderson

Jornalista por formação, cineasta por estudos e curioso por natureza. Internet por paixão.

Deixe uma resposta